Justiça

Policial Militar preso por atirar contra casa de festas em Parintins é solto após audiência de custódia

O homem irá responder pelos crimes de disparo de arma de fogo e dano qualificado em liberdade.


Redação AM POST

O policial militar de 37 anos, preso por atirar contra uma casa noturna em Parintins (distante 369 km de Manaus), foi solto durante audiência de custódia, no domingo (24).

Continua depois da Publicidade

Segundo a Polícia Civil, o PM teria se irritado após funcionários do estabelecimento pedirem para ele não fumar no local.

Apesar de determinar que o suspeito responda ao crime em liberdade, o juiz plantonista Rafael Rodrigo Raposo também decidiu que o PM está proibido de frequentar bares, casas noturnas e estabelecimentos similares e está proibido de sair do município.

Ainda de acordo com as autoridades, o policial vai responder pelos crimes de disparo de arma de fogo e dano qualificado.

Continua depois da Publicidade