Manaus

Águas de Manaus é notificada por abastecimento irregular no conjunto Renato Souza Pinto

Engenheiros da Ageman tem acompanhado semanalmente a situação ouvindo os moradores e visitando os imóveis.

Redação AM POST

A Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman) notificou a empresa Águas de Manaus por irregularidades no abastecimento de água tratada para os moradores do conjunto Renato Souza Pinto, na zona Norte de Manaus. A concessionária tem um prazo de 20 dias para analisar a situação de forma a buscar uma solução definitiva para as não conformidades reclamadas pelos moradores.

Continua depois da Publicidade

Desde maio, a concessionária, a pedido da Ageman, estava promovendo ações no sentido de melhorar a pressão da água nas torneiras dos usuários, no entanto, a demora da empresa em promover uma solução definitiva para o problema levou a Diretoria Técnica de Concessões, Obras e Saneamento da Agência a notificar a concessionária.

Conforme relatório técnico elaborado pela Ageman, além dos problemas de baixa pressão que ocasionaram desabastecimento, alguns moradores identificaram que com a retomada das atividades do poço tubular que atende ao conjunto, a água passou a apresentar sinais de turbidez.

Engenheiros da Ageman tem acompanhado semanalmente a situação ouvindo os moradores e visitando os imóveis. Técnicos da Águas de Manaus também fizeram vistoria no conjunto, mas os problemas ainda persistem.

Continua depois da Publicidade

“Estamos acompanhando essa situação e como as intervenções da empresa não trouxeram uma solução definitiva, estamos notificando e concedendo um prazo para que a concessionária nos apresente uma solução efetiva”, afirmou o diretor-presidente da Ageman, Fábio Alho.