Pesquisar por em AM POST

Manaus

Assista: Família de grávida assassinada em Manaus acredita que bebê foi levado com vida: ‘meu neto tá vivo’

O pai do filho de Débora e suspeito de arquitetar o feminicidio por não aceitar a gestação.

  • Por AM POST

  • 05/08/2023 às 17:09

  • Atualizado em 08/08/2023 às 09:14

  • Leitura em três minutos

Familiares da jovem Débora da Silva Alves, 18, que estava grávida de 8 meses e foi assassinada em Manaus, acreditam que o filho da vítima foi retirado com vida de sua barriga antes do crime.

“Eu quero que encontre o bebê, ou o que sobrou dele, pra gente poder enterrar ele também. Mas eu tenho certeza que meu neto está vivo. Eu creio nisso”, disse Paula Christina Silva Souza, mãe da jovem que foi sepultada neste sábado (5), no Cemitério Tarumã, em Manaus.

PUBLICIDADE

A Polícia Civil procura pelo vigilante Gil Romero Machado Batista, pai do filho de Débora e suspeito de arquitetar o feminicidio por não aceitar a gestação.

“Eu peço que encontrem esse homem, para ele falar onde ele botou o bebê”, declarou Paula.

O pai de Débora, José Júnior, também defende a versão de o neto esteja vivo. “Eu acredito que tiraram a criança viva, pois foram feitas três autópsias, mas não aparece a criança. Tinha tudo, mas a criança não está”, disse.

PUBLICIDADE

“Meu primeiro netinho, esse monstro tirou. Eu peço que achem meu neto Arthur”, completou.

O corpo da vítima foi encontrado carbonizado, em avançado estado de decomposição, dentro de um camburão, na última quinta-feira (3) em uma área de mata localizada próximo ao Parque Mauá, no bairro Mauzinho, na zona leste de Manaus.

De acordo com a delegada Débora Barreiros, adjunta da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), os dois tiveram um caso extraconjugal, pois o homem era casado, e a jovem acabou engravidando. Contudo, Romero não aceitou a gestação e chegou dar remédio para Débora abortar, mas o medicamento não funcionou e a vítima decidiu levar a gestação até o final mas os dois romperam ele arquitetou o crime.

Segundo a delegada, o homem atraiu a jovem para uma emboscada no dia do crime. “Romero vai ao encontro de Débora tentando fazer as pazes porque há cerca de um mês ele tinha tentado contra a vida dela. Diz para ela que ele era casado, mas que estava disposto a ajudar com as despesas da criança (…) Ela cai na história, vai para o carro com ele e é levada para a usina”, disse.

“A vítima se encontrou com uma pessoa e informou para essa pessoa que estava aguardando o pai da sua filha para receber o dinheiro de um berço, após isso, ela não foi mais vista, após o trabalho de investigação, confirmamos que Romero, o pai da criança, tinha envolvimento no crime”, contou o delegado Ricardo Cunha, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Ainda segundo a polícia, após matar a vítima, Romero contou com a ajuda de José Nilson Azevedo da Silva, conhecido como ‘Nego’, que já está preso, para se livrar do corpo.

Matérias Semelhantes: Homem é preso suspeito de furar os olhos da ex-esposa. Saiba mais clicando aqui.
Acompanhe nosso Podcast ao vivo em: Amazônia TV. Clique aqui.

Redação AM POST

Acompanhar as notícias de Manaus é essencial para quem deseja estar por dentro do que está acontecendo na cidade. Manaus é repleta de história e cultura. Nossa equipe está sempre nas ruas, trazendo as notícias de Manaus com a urgência e a precisão que os eventos da capital amazonense demandam.

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank