Manaus

Audiência de instrução do ‘Caso Flávio’ é marcada para a próxima semana em Manaus

Serão ouvidas as testemunhas de acusação listadas pelo MP-AM e as testemunhas de defesa.

Redação AM POST*

A 1.ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Manaus pautou para os dias 27, 28 e 29 (terça, quarta e quinta-feira), a partir das 9h, a audiência de instrução inaugural referente à Ação Penal n.º 0654422-21.2019.8.04.0001, que trata do homicídio do engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos – crime ocorrido em setembro de 2019 – e que tem como réus José Edvandro Martins de Souza Júnior; Mayc Vinícius Teixeira Parede; Alejandro Molina Valeiko; Paola Molina Valeiko e Elizeu da Paz de Souza.

Continua depois da Publicidade

A audiência vai ser realizada no modo presencial. Pela ordem, o juiz Celso Souza de Paula vai ouvir as testemunhas de acusação arroladas pelo Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE/AM); as testemunhas de defesa e, por último, fará o interrogatório dos réus.

O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE/AM) pôde solicitar a intimação de até oito testemunhas, com a defesa de cada réu podendo indicar o mesmo número.

O início da fase de audiência de instrução estava marcado para os dias 25 e 26 de novembro de 2020, mas foi necessário alterar as datas para que a defesa tivesse acesso às mídias que se encontravam em poder do Ministério Público Estadual. A data escolhida foi 15 de dezembro de 2020, mas também sofreu alteração.

Continua depois da Publicidade

No início do mês e junho, o juiz George Hamilton Lins Barroso se julgou suspeito para atuar no processo e caso foi distribuído ao juiz Mateus Guedes Rios, que também alegou suspeição. O processo seguiu para o juiz responsável pelas sessões de julgamento popular da 1.ª Vara do Júri, Celso Souza de Paula.

Acesso restrito
Em função de o Tribunal de Justiça do Amazonas ainda se encontrar na fase 2 do Plano de Retorno Gradual de suas atividades presenciais, nos termos da Portaria n.º 608/2021 da Presidência da Corte, a circulação de pessoas nas unidades judiciárias do Amazonas continua restrita, autorizada somente às partes que participarão de audiências e jugamentos, como medida de prevenção à covid-19. Desse modo, a imprensa não terá acesso às dependências do Fórum Honoch Reis, onde a audiência de instrução ocorrerá, podendo realizar seu trabalho na área externa da unidade.

Continua depois da Publicidade

Lembre o caso
Flávio Rodrigues foi encontrado morto em setembro de 2019, em um terreno no bairro Tarumã, zona oeste de Manaus, após ter participado de uma festa na casa do enteado do prefeito de Manaus, Alejandro Molina Valeiko.

Após diversos desdobramentos e investigações, no dia 18 de novembro, a Polícia Civil realizou a reconstituição do crime, por cerca de seis horas, com os réus. Na ocasião, a PC afirmou conhecer o autor do crime.

Continua depois da Publicidade

Além de Valeiko, cinco pessoas foram presas suspeitas de terem participação no crime, entre elas: Elizeu da Paz, indiciado pela polícia pelo crime de homicídio; Mayc Parede, também indiciado por homicídio; Vittorio Del Gatto, indiciado por omissão; José Edvandro Martins; Elielton Magno de Menezes Gomes Junior, os três últimos foram soltos.

A irmã de Alejandro, Paola Valeiko, também foi indiciada por fraude processual após confirmar que limpou a cena do crime.

*Com informações do TJAM