Pesquisar por em AM POST

Manaus

Deputado Rozenha diz que ‘flanelinhas’ são criminosos que praticam extorsão e cobra ação do Poder Público em Manaus

O político chamou os flanelinhas de marginais e descreveu a prática como uma forma de extorsão.

  • Por AM POST

  • 24/04/2024 às 11:07

  • Leitura em três minutos

Notícias de Manaus– O deputado estadual Ednailson Rozenha (PMB) pede que Poder Público tome medidas imediatas contra a atuação de flanelinhas nos arredores da Arena da Amazônia e do Sambódromo de Manaus. A declaração veio após um vídeo, que viralizou nas redes sociais, em que uma professora relatou ter sido coagida a pagar R$ 30 para estacionar em uma via pública no último sábado (20).

No vídeo, a professora contou que foi intimidada por um grupo de flanelinhas ao tentar estacionar seu carro nas proximidades da Arena da Amazônia. Segundo seu relato, os guardadores de carros fizeram ameaças sutis, sugerindo que, se ela não pagasse a “taxa”, seu veículo poderia ser danificado. Esse tipo de abordagem, segundo a professora, é frequente em dias de eventos na cidade.

PUBLICIDADE

“Eu falei R$ 30 não dá, tá muito pesado. Aí ele falou, então deixa R$ 25, minha patroa. Mas ele já começou a me tratar de forma muito grosseira, de forma muito ríspida. E aí eu disse que R$ 25 ainda era muito e que pagaria R$ 10. Ele falou, não, não, para R$ 10 e R$ 15 eu não baixo. Eu fiquei bem irritada, aí veio outro flanelinha perguntando se eu iria pagar R$ 20 ou não? Tipo assim, se a senhora não pagar os R$ 20, pode sair daqui. Eu ainda peguei o telefone para ligar para polícia, para o 190, mas eu pensei, não adianta a polícia vir, eu estacionar numa boa, porque depois eles vão fazer alguma coisa com meu carro“, disse a mulher.

View this post on Instagram

PUBLICIDADE

A post shared by Cristiane Balieiro (@cristianebalieiroo)

PUBLICIDADE

O deputado Rozenha manifestou sua indignação com a situação, apontando que os flanelinhas costumam cobrar valores abusivos dos motoristas e frequentemente recorrem a atitudes ameaçadoras.

O político chamou os flanelinhas de criminosos e descreveu a prática como uma forma de extorsão, além de ressaltar que a atuação desses guardadores de veículos é especialmente prejudicial para as mulheres, que frequentemente se sentem mais vulneráveis em situações como essa. Ele também destacou que, além da Arena da Amazônia, o problema é comum no entorno do Sambódromo e na Ponta Negra, uma das áreas mais turísticas da cidade.

PUBLICIDADE

“O que a gente vê no entorno da Arena da Amazônia, do Sambódromo, e da Ponta Negra é um absurdo. Eu acho que a Assembleia e a Câmara Municipal têm que produzir leis para que a gente possa ir para cima dessas pessoas que, na minha opinião, não são trabalhadores, são marginais”, afirmou o deputado.

“É uma palhaçada o cara cobrar R$30, R$40, R$50 reais para proteger um carro dele mesmo em via pública. Essa pessoa tem que procurar o que fazer, essa pessoa, na minha opinião, é criminosa, pratica o vilipendio, a extorsão, sobre tudo, contra mulheres. Você paga antecipado e o engraçado é que quando você volta o cara nem lá está, foi até embora e seu carro está lá jogado”, declarou.

Acompanhar as notícias de Manaus é essencial para quem deseja estar por dentro do que está acontecendo na cidade. Manaus é repleta de história e cultura. Nossa equipe está sempre nas ruas, trazendo as notícias de Manaus com a urgência e a precisão que os eventos da capital amazonense demandam.

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank