Manaus

Em Manaus, pão francês terá reajuste no preço e ficará até 25% mais caro

A medida se dá em decorrência dos sucessivos aumentos nos valores das matérias-primas.

Redação AM POST

O presidente do Sindicato das Indústrias de Panificação e Confeitaria do Amazonas (Sindpam /AM), Carlos Azevedo, anunciou por meio de nota, que o famoso pão francês terá reajuste de preço de 15% a 25% em Manaus.

Continua depois da Publicidade

“A medida se dá em decorrência dos sucessivos aumentos nos valores das matérias-primas, como a farinha de trigo (13% em 2020, 34% em 2021 e 22% em janeiro 2022), insumos e ingredientes (18% no ano 2021), energia elétrica (24,97% até outubro de 2021), variação cambial de 8,10% em 2021, reajuste do piso nacional de salários na ordem de 10,12%, mais aumento nos custos de material de embalagens e combustíveis”, explica.

O Sindpam conta hoje com 54 associados, entre eles grandes panificadoras, como Panificadora Conde do Pão, Panificadora e Confeitaria Serpan, panificadora Lindopan Casa de Pães, Cinthia e Panificadora Eliza, entre outras.