Fiscalizações sanitárias no comércio visam preservar a saúde da população na pandemia, diz prefeitura de Manaus

O objetivo é preservar a saúde e a vida da população que frequenta esses espaços.

Redação AM POST

A Prefeitura de Manaus informou por meio de nota que a intensificação das fiscalizações sanitárias no comércio segue recomendações preventivas e de controle ao novo coronavírus, tendo como meta o cumprimento das determinações previstas no decreto estadual de reabertura das atividades econômicas. Importante destacar que as inspeções não têm intuito de prejudicar o comércio da capital e sim preservar a saúde e a vida da população que frequenta esses espaços.

A nota veio após o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no Amazonas (Abrasel-AM), Fabio Cunha, divulgar vídeo nas redes sociais contra medidas adotadas pelo prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB). “O que somos agora? Criminosos?”, diz o líder da Abrasel enquanto elenca serviços prestados pelo setor, como pagamento de impostos.

Continua depois da Publicidade

“Em momento algum, a Prefeitura de Manaus atuou para prejudicar o trabalho dos comerciantes. O prefeito Arthur Neto sabe da importância do setor para a economia, mas vivemos um período em que a vida deve ser a prioridade de todos. A atuação da Visa Manaus tem o objetivo de assegurar as medidas de prevenção à Covid-19 e apenas são notificados os estabelecimentos que não funcionam de acordo com as normas sanitárias”, afirmou o secretário de Saúde, Marcelo Magaldi.

As fiscalizações de Vigilância Sanitária, órgão da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), verificam se os estabelecimentos cumprem as recomendações higiênico-sanitárias estabelecidas para o período de pandemia, como distanciamento social, uso obrigatório de máscaras e de disponibilidade de álcool em gel 70%.

“O que queremos, desde o início da pandemia, é trabalhar em parceria com todos os setores do comércio. Em março, iniciamos ações educativas, orientando os estabelecimentos de como proceder para evitar a propagação da Covid-19 entre clientes e funcionários. As fiscalizações são para verificar o cumprimento dessas normas e resguardar a vida”, finalizou a diretora da Visa Manaus, Maria do Carmo Leão.

Continua depois da Publicidade