Pesquisar por em AM POST

Manaus

Mãe denuncia discriminação sofrida por seu filho autista dentro de escola creche em Manaus

Segundo denúncia, o ato foi praticado por uma funcionária da unidade de ensino.

  • Por AM POST

  • 24/04/2024 às 16:48

  • Atualizado em 24/04/2024 às 19:26

  • Leitura em três minutos

Uma mulher identificada como Haianny Paiva, divulgou nas redes sociais denúncia contra a escola Creche Planeta Bebê e alega que seu filho autista de apenas 3 anos sofreu discriminação na unidade de ensino localizada no bairro Ponta Negra, na zona oeste de Manaus, após ele ser colocado em uma sala isolada enquanto os demais colegas se preparavam para uma apresentação.

Segundo a denúncia, o incidente ocorreu no dia 13 de abril, quando a creche realizava um evento interno. Conforme Haianny, a auxiliar da creche retirou seu filho da sala onde as outras crianças estavam se caracterizando para o evento, deixando-o sozinho em outro local. A ação foi percebida pela assistente terapêutica da criança, que alertou a mãe sobre a situação preocupante.

PUBLICIDADE

Em seu depoimento, Haianny desabafou sobre as descobertas que vieram após a denúncia: “Desconfie de fotos, desconfie se seu filho está recusando entrar na escola, desconfie se ele parou de comer ‘do nada’. Peça para ver se ele está cumprindo os horários corretos que vêm na agenda”, alertou a mãe, indicando que muitas vezes a realidade não reflete a aparência apresentada pelas instituições.

A mãe também revelou que a mesma auxiliar já havia tentado discriminar a criança no ano anterior. Após confrontar a direção da creche, Haianny solicitou as imagens das câmeras de segurança, que confirmaram o tratamento discriminatório.

A reportagem do Portal AM POST procurou a escola Creche Planeta Bebê e pediu um posicionamento sobre o caso mas até o fechamento desta matéria não obteve resposta. Segue aberto espaço para manifestação.

PUBLICIDADE

A denúncia reacendeu discussões sobre a inclusão de crianças autistas nas instituições de ensino. A Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Lei nº 13.146/2015) proíbe qualquer tipo de discriminação e garante o direito à inclusão social, à igualdade de oportunidades e à participação plena em todas as esferas da sociedade.

A mulher afirma que vai processar a unidade de ensino. “A escola que ele estudava vai aprender essas leis respondendo criminalmente! Porque optaram por manter quem pratica exclusão”, disse.

PUBLICIDADE

Este incidente deixa claro que a luta contra a discriminação está longe de terminar, e que a atenção dos pais e a responsabilidade das instituições são essenciais para criar um ambiente educacional verdadeiramente inclusivo. A expectativa é que a creche Planeta Bebê tome medidas corretivas para evitar que casos como esse se repitam no futuro.

Os especialistas em educação inclusiva recomendam que as escolas implementem programas de treinamento para seus funcionários a fim de evitar episódios de discriminação. A inclusão escolar não é apenas um direito legal, mas também um compromisso ético para garantir que todas as crianças, independentemente de suas condições, sejam tratadas com respeito e dignidade.

PUBLICIDADE

Veja postagem:

 

 

 

Acompanhar as notícias de Manaus é essencial para quem deseja estar por dentro do que está acontecendo na cidade. Manaus é repleta de história e cultura. Nossa equipe está sempre nas ruas, trazendo as notícias de Manaus com a urgência e a precisão que os eventos da capital amazonense demandam.

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank