Manaus

Marcha da Maconha será realizada em Manaus neste sábado (25)

Organizadores disseram que pediram apoio dos policiais para garantir a segurança dos manifestantes.


Redação AM POST

Após dois anos sem mobilizações por causa da pandemia, a Marcha da Maconha Manaus volta às ruas da capital amazonense neste sábado (25) com concentração na Praça da Saudade, tendo início às 16h20, realizando o percurso da concentração passando pela Av. Epaminondas, Rua 10 de Julho, Av. Getúlio Vargas, Praça da Polícia, Av. Sete de Setembro (sentido Cachoeirinha) e finalizando na Praça Desembargador Paulo Jacob.

Continua depois da Publicidade

“Entendemos que o cultivo da maconha deve ser um direito de todas as pessoas que desejam e que não fique nas mãos das grandes corporações, democratização da maconha já! também exigimos a libertação imediata de todos que se encontram encarcerados por crimes relacionados às drogas, com reparação histórica, sobretudo ao povo negro, principal vítima da marginalização promovida pelos escravocratas e aqueles que os descendem. Por motivos racistas o Brasil foi um dos primeiros países a proibir a maconha e pelos mesmos motivos devemos servir de exemplo ao mundo na legalização, implementando um modelo que contemple as nossas históricas demandas sociais, pondo fim na guerra às drogas, que já se mostrou ineficiente em todo plano internacional, com seus diversos modelos aplicados”, diz nota do Coletivo Marcha da Maconha Manaus, que organiza o evento.

Segundo os organizadores foram entregues ofícios para os órgãos reguladores de Segurança Pública e Mobilidade Urbana, garantam proteção dos manifestantes.