Manaus

Marinha interdita Cais que afundou no porto de Manaus

O Cais das Torres afundou parcialmente na sexta-feira (17).


Redação AM POST

A Marinha do Brasil informou em nota que retirou de operação, nesse sábado (18), o terminal denominado Cais das Torres, pertencente ao Complexo do Porto Público de Manaus, por tempo indeterminado, em virtude da constatação de exigências impeditivas e problemas estruturais para o prosseguimento das atividades portuárias, com base no art. 16, inciso II da Lei nº 9.537, de 11 de dezembro de 1997, que dispõe sobre a Segurança do Tráfego Aquaviário em Águas sob Jurisdição Nacional.

Continua depois da Publicidade

Segundo a Marinha, a decisão foi em razão ao incidente ocorrido na última sexta-feira (17), onde ocorreu o naufrágio dos módulos da ala direita da plataforma flutuante do cais das torres. As medidas adotadas visam resguardar a Segurança da Navegação, a Salvaguarda da Vida Humana e a Poluição Hídrica.

A Prefeitura de Manaus informou que local deve passar por manutenção, pois as tampas de vedação das boias, foram roubadas.

“Os módulos naufragados serão retirados da água para restauro. Uma parte nova será posicionada no Roadway para minimizar problemas operacionais e garantir o pleno funcionamento de flutuantes antigos que permanecem íntegros”, diz um trecho da nota da Prefeitura de Manaus.

Continua depois da Publicidade