“Não vale nem pra remédio”, diz Patixa Teló sobre Wilson Lima

A celebridade do Amazonas chamou o governador também de “bandido” e ficou revoltada com decreto para fechar estabelecimentos.

Redação AM POST

A digital influencer do Amazonas, Patixa Teló, foi flagrada na noite desta sexta-feira (25) sem máscara durante operação da Central Integrada de Fiscalização (CIF), que orientou bares e restaurantes da Praça do Eldorado, localizada na zona centro-sul da capital, a encerrar suas atividades após às 22h, horário limite de funcionamento do setor, segundo o novo decreto do Governo do Estado.

Ao ser entrevistada por um portal local, Patixa disparou contra o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC). “O governador não vale nada, nem pra remédio! sabe porquê o Wilson não vale nada? porquê ele é bandido!”, disse.

Continua depois da Publicidade

Veja o vídeo:

https://www.instagram.com/p/CFndSprDdhy/?igshid=z71xbcf4yvh3

Pelo decreto, ficam suspensos, no âmbito estadual, até o dia 26 de outubro de 2020, o acesso às áreas de praias para recreação; o funcionamento de balneários e flutuantes; além do funcionamento de bares, mesmo que na modalidade restaurante.

Continua depois da Publicidade

Neste último caso, aplica-se aos estabelecimentos que não estejam, até a publicação do decreto, registrados como restaurante, na classificação principal da CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas). Os restaurantes e as lanchonetes poderão funcionar até o horário limite das 22h, ficando vedada a sua reabertura após este horário, até às 7h da manhã do dia seguinte, bem como a sua locação destinada à realização de eventos e festas particulares.

O decreto também proíbe a realização de eventos em casas noturnas, boates, casas de shows e imóveis destinados à locação para esta finalidade, tais como casas, sítios, chácaras, associações e clubes.