Prefeitura de Manaus apresenta resultado das ações de enfrentamento à Covid-19 à Opas

A primeira visita da organização à cidade com tal finalidade aconteceu no início de setembro, e terminou com uma avaliação bastante positiva.

Redação AM POSTr

As ações adotadas pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), no enfrentamento da pandemia de Covid-19 na capital amazonense foram tema de um novo evento com a participação de representantes da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) e da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS/AM), realizadwo nesta quinta-feira, 26/11, no auditórioa da Semsa, localizada no bairro Adrianópolis, zona Centro-Sul de Manaus.

Continua depois da Publicidade

O encontro dá prosseguimento à missão de avaliação externa da Opas à resposta do Estado do Amazonas à pandemia. A primeira visita da organização à cidade com tal finalidade aconteceu no início de setembro, e terminou com uma avaliação bastante positiva das medidas adotadas pelo prefeito Arthur Virgílio Neto ao ampliar as ações de acolhimento, diagnóstico, assistência e monitoramento dos casos suspeitos de Covid-19 junto à população de Manaus.

Na nova visita, a entidade voltou à capital para verificar a manutenção das medidas consideradas anteriormente positivas, bem como a implementação das modificações sugeridas para o aperfeiçoamento do combate ao novo coronavírus. “A Prefeitura de Manaus não baixou a guarda para o vírus, pelo contrário. Sabemos que não é um perigo que vem perdendo força, como se pode constatar pelo aumento dos casos de Covid-19 na Europa, e que a vigilância e as ações de diagnóstico e tratamento precisam ser reforçados constantemente”, afirmou a subsecretária municipal de Gestão da Saúde, Adriana Lopes Elias, que apresentou as ações da Semsa à Opas.

A coordenadora de Vigilância, Preparação e Resposta a Emergências e Desastres do escritório da Opas e da Organização Mundial da Saúde (OMS) no Brasil, Maria Almirón, destacou a importância do acompanhamento. “Trata-se de uma iniciativa de troca constante de informações, boas práticas e busca de cooperação entre as diferentes secretarias de saúde pelo país e em todo o continente americano, como parte do esforço da Opas para contribuir na luta contra o vírus”, disse.

Continua depois da Publicidade

“A razão pela qual estamos aqui é dar seguimento à missão de setembro, sobretudo, pelo cenário internacional que estamos vivendo. Depois desses meses, estamos novamente vendo o incremento de casos na Europa, e fica a preocupação do mesmo ocorrer nas Américas, no Brasil e aqui, no Amazonas. A mensagem que trazemos é de alerta e fortalecimento das ações para um possível aumento de casos de Covid-19”, acrescentou.

Ações

Continua depois da Publicidade

No encontro desta quinta-feira, as ações da Semsa no intervalo de dois meses foram novamente avaliadas pela entidade. Entre elas, foram destacadas: a entrada em ação de quatro Unidades Básicas de Saúde (UBSs) móveis, importantes para atender os vazios assistenciais e oferecer suporte aos indígenas não aldeados do município; a ampla testagem de profissionais de saúde da rede pública; as inspeções e orientações realizadas pela Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus) em estabelecimentos com grande fluxo de pessoas; a ampliação dos dias e horários de atendimentos das unidades de saúde municipais; a integração entre os serviços de Atenção Primária à Saúde e Vigilância em Saúde; o novo serviço de Telemonitoramento, que oferece acompanhamento e orientações constantes em saúde à população, por via remota; e a implementação do serviço de reabilitação respiratória para as vítimas com sequelas pulmonares em decorrência da Covid-19, que em breve será reforçado com a inauguração do Centro de Reabilitação Tipo 2 (CER).

* Com informações da assessoria de imprensa

Continua depois da Publicidade