Manaus

Tiago Leifert e adm de Fiuk postam vídeo de declarações polêmicas de Glória Carrate na CMM

A fala da parlamentar repercutiu tanto que causou polêmica nas redes sociais.


Redação AM POST

Nesta segunda-feira (26), vereadora Glória Carrate (PL) usou a tribuna da Câmara Municipal de Manaus (CMM), para comentar o beijo entre Gilberto e Fiuk, no Big Brother Brasil 21. Só que a fala da parlamentar repercutiu tanto que foi parar no Instagram do apresentador do programa, Tiago Leifert e do cantor Fiuk.

Continua depois da Publicidade

O jornalista criticou a censura do Instagram em relação a vídeo postado por ele do beijo entre Gilberto e Fiuk, no BBB21. Nesta segunda-feira (26), ele fez uma série de stories criticando a plataforma. Com isso, a declaração da vereadora Glória Carratte (PL) entrou em um dos post de Tiago, com um tom de ironia. A parlamentar afirmou na manhã de hoje, que a cena era uma vergonha para a família brasileira.

“Eu queria deixar meu repúdio sobre o ocorrido ontem na TV Globo. Eu sei que ela está ‘se lixando’ para o Amazonas e a Câmara Municipal. Eu não assisto ao Big Brother, mas nas redes sociais aparecem os dois artistas, que se declaram ‘artistas’, dando ‘bitoquinha’ e pelados. É uma falta de respeito com a sociedade e com as famílias do nosso Brasil”, disse Glória na CMM.

Após repercussão negativa Carrate divulgou uma nota de esclarecimento nas redes sociais afirmando que não foi homofóbica, e só protestou contra o mergulho pelado e o selinho.

Continua depois da Publicidade

A vereadora é presidente da Comissão de Ética da CMM, e decidiu opinar sobre o assunto, porém, silenciou sobre o comportamento do vereador William Alemão (Cidadania) que usou seu gabinete na Casa para gravar vídeo com dancinha do Tik Tok.

A equipe responsável por administrar as redes sociais de Fiuk durante o período que está confinado e criticaram a parlamentar por homofobia.

Continua depois da Publicidade

“Os conservadores estão pirando, e se isso está acontecendo estamos felizes. Felizes pelo amor, pela amizade e pelo respeito estarem sendo os motivos de tanto incômodo, mas não vamos tolerar discurso de ódio, vamos expor os agressores e seguir com medidas judiciais, pois homofobia é crime”, escreveu o perfil sobre o vídeo da vereadora de Manaus.