Site da ALE mostra que Alessandra Campêlo esteve em Brasília nos dias em que Mouhamad Mustafa teria pago diárias em hotel luxuoso para ela

Segundo frequência parlamentar, Alessandra esteve em Brasília nos dias 09 e 10 de setembro de 2015.

Redação AM POST

O site da Assembléia Legislativa do Estado do Amazonas – ALE-AM, derrubou o álibi da Deputada Estadual, Alessandra Campêlo (PMDB), que negou e questionou a veracidade de uma mensagem vazada nas redes sociais que mostra registro da estadia da parlamentar e do ex-secretário da Fazenda, Afonso Lobo, atualmente preso por envolvimento em esquema de corrupção, no luxuoso Hotel Cullinan HPlus em Brasília, supostamente paga pelo médico e empresário, Mouhamad Mustafa, no período de 08/09/2015 à 10/09/2015.

A mensagem vazou no aplicativo de mensagens Whatsapp e mostra um possível vínculo de Alessandra com o chefe da organização criminosa que desviou R$ 110 milhões da Saúde do Amazonas.

Continua depois da Publicidade

Alessandra se pronunciou sobre o caso alegando que não viajou para Brasília no dia 08/09/2015 e que a denúncia seria uma tentativa de tirar o foco de algo político, distorcendo os fatos para algo pessoal. O site da ALE mostra que realmente a peemedebista esteve em plenário neste dia, pela manhã, entretanto, a frequência parlamentar também aponta que Campêlo esteve sim na capital federal nos dias seguintes 09 e 10 para reunião no Senado.

Veja imagens da frequência parlamentar: