Pesquisar por em AM POST

Mundo

Argentina deixa de ter maior juro nominal do mundo após BC reduzir taxa de 50% para 40% de juros

A liderança é ocupada agora pela Turquia, com uma taxa a 50%. Já o Brasil está na sexta posição, com o referencial na casa dos 10,50% ao ano.

  • Por AM POST

  • 17/05/2024 às 13:30

  • Atualizado em 17/05/2024 às 18:17

  • Leitura em três minutos

Argentina deixa de ter maior juro nominal do mundo após BC reduzir taxa de 50% para 40% de juros

Argentina deixa de ter maior juro nominal do mundo após BC reduzir taxa de 50% para 40% de juros – Foto: Fabrice COFFRINI/AFP

Redução da Taxa de Juros na Argentina e Seu Impacto no Ranking Mundial

Mundo – Recentemente, o banco central da Argentina realizou um corte significativo na taxa básica de juros do país, reduzindo-a de 50% para 40% ao ano. Este movimento estratégico fez com que a Argentina deixasse de ser o país com a maior taxa de juro nominal do mundo, passando o posto para a Turquia, que agora lidera com 50%.

Juros na Argentina e Seus Efeitos na Inflação

A diminuição da taxa de juros vem em um momento crítico, onde o país enfrenta uma inflação extremamente alta. Apesar da redução nominal, a Argentina ainda possui a menor taxa de juro real do mundo, marcando -42,36%. Isso se deve à inflação anual que atingiu impressionantes 289,4% até abril deste ano.

PUBLICIDADE

O Contexto Econômico Argentino

A redução das taxas foi uma resposta ao recente relatório de inflação, que mostrou um índice de 8,8% em abril, indicando uma desaceleração pelo quarto mês consecutivo. O governo argentino, sob a liderança do presidente Javier Milei, tem adotado medidas de ajuste fiscal com o objetivo de alcançar um “déficit zero” até o final de 2024. Essas medidas incluíram cortes significativos em gastos públicos, o que levou a um superávit no primeiro trimestre do ano, o primeiro desde 2008.

Repercussões das Medidas Econômicas

No entanto, esses ajustes não são vistos como sustentáveis a longo prazo por muitos economistas. As demissões em massa, a paralisação de obras públicas e a deterioração de salários e aposentadorias têm contribuído para uma situação de pobreza que afeta metade dos 47 milhões de habitantes do país. Além disso, a crise econômica teve impacto até mesmo no consumo cultural do país, como a queda de 18,5% no consumo per capita de carne bovina, atingindo o menor nível em 30 anos.

Com a Argentina passando a coroa de maior taxa de juro nominal para a Turquia, e com o Brasil em sexto lugar com 10,50%, observa-se uma dinâmica interessante no cenário econômico global. As taxas de juro são um reflexo das políticas internas, mas também uma resposta às condições globais. A situação na Argentina serve como um lembrete da complexidade das decisões econômicas e de como elas podem afetar a vida cotidiana de milhões de pessoas. É crucial questionar: até que ponto as medidas de austeridade podem ir antes de causarem mais mal do que bem?

PUBLICIDADE

Redação Site On

Fonte: G1

PUBLICIDADE

O AM Post apoia a causa autista
blank

A mente de uma criança com Transtorno do Espectro Autista pode ser associada a um quebra-cabeças. Parece difícil de entendê-la no primeiro momento. Porém, quando utilizamos a metodologia certa as tornamos fácil e percebemos que as dificuldades podem ser superadas.

- Jorge Tertuliano

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank