Candidata à presidência do Peru pede: “Fora Evo, Fora Lula”

Keiko Fujimori expressou repúdio ao socialismo.

Nesta terça-feira (20), Keiko Fujimori, filha do ex-ditador Alberto Fujimori e candidata à presidência do Peru pelo partido Força Popular, pediu que o boliviano Evo Morales não interfira na campanha eleitoral do país. Morales havia usado as redes sociais para desejar sucesso ao esquerdista Pedro Castillo, que disputa o pleito presidencial.

– Quero dizer muito claramente ao senhor Evo Morales: o senhor não se meta no meu país. Não se meta no Peru. Fora do Peru, Evo Morales! Nós não aceitaremos sua ideologia, o socialismo do século XXI. Fora comunismo, fora Maduro, fora Lula e essas ideologias que buscam destruir e trazer pobreza – disse a candidata.

Continua depois da Publicidade

Keiko Fujimori aparece um pouco atrás do sindicalista Pedro Castillo, do Peru Livre, nas pesquisas de intenções de voto para o segundo turno das eleições peruanas.

Em outro trecho da entrevista, Keiko disse que as pessoas do século XXI têm despertado para os danos causados pelo comunismo ao longo de sua história. De acordo com ela, as lideranças que representam essa ideologia política estão fadadas ao fracasso. O ex-presidente Lula voltou a ser citado, juntamente com algumas famosas figuras da esquerda.

– Evo Morales, os peruanos não vão aceitar sua ideologia. Dizemos ‘fora’ ao socialismo do século XXI, ao comunismo. Dizemos ‘fora’ a Maduro, dizemos ‘fora’ a Lula” – acrescentou Keiko.

Continua depois da Publicidade

Fonte: Pleno.News

Continua depois da Publicidade