Mundo

Especialistas pedem mudanças na política contra covid-19 no Japão

Nas últimas horas, houve mais de 211 mil novos casos no país


Agência Brasil

Um rápido crescimento no número de casos de infecção pelo novo coronavírus no Japão está aumentando a pressão sobre as instituições e trabalhadores de saúde. Especialistas pedem que o governo mude as políticas para ajudar a reduzir o ônus.

Continua depois da Publicidade

O Corpo de Bombeiros de Tóquio informou que quase 700 pessoas infectadas com o vírus foram transportadas para hospitais por ambulâncias durante a semana que terminou no último domingo. O aumento ocorre em um momento em que diversas pessoas estão sendo levadas para o hospital com sintomas de hipertermia. Socorristas em ambulâncias enfrentam dificuldades para encontrar hospitais que têm capacidade de aceitar pacientes.

Sugestões
Um grupo de especialistas compilou uma lista de propostas para ajudar as instituições a lidarem com o aumento dos casos. Uma das sugestões é por medidas de combate à disseminação do vírus que podem ser adotadas em instituições médicas comuns. No momento, poucos hospitais têm permissão para internar pacientes infectados com covid-19.

Ainda segundo os especialistas, centros de saúde pública deveriam limitar o rastreamento de pacientes apenas em casos de risco de desenvolver sintomas graves, ao invés de todos os casos positivos.

Continua depois da Publicidade

Autoridades reportaram mais de 211 mil novos casos na última terça-feira (2) no Japão, além de 143 mortes.