Igreja Católica revela mais de três mil abusos sexuais

Mais de 1,6 mil religiosos católicos estão envolvidos em casos de abusos sexuais desde 1946 até 2014.

Um relatório interno elaborado por incumbência da Conferência Episcopal alemã documenta um total de 3.677 casos de abusos sexuais, cometidos por 1.670 religiosos católicos desde 1946 até 2014, segundo revelou nesta quarta-feira a edição digital da revista “Der Spiegel”.

De acordo com a revista, que faz referência à documentação feita por especialistas das Universidades de Manheim, Heidelberg e Giessen, este tipo de situações são “um problema em massa” no seio da Igreja Católica e que persistem atualmente.

Aproximadamente metade das vítimas desses abusos era menor de 13 anos e um de cada seis casos foi tratado de forma alguma “de violação”, segundo cita a publicação.

Continua depois da Publicidade

Para dois terços das vítimas, os executores dos abusos eram seus confessores ou padres com os quais mantinham algum tipo de vínculo religioso.

O relatório foi encarregado pela Conferência Episcopal e, de acordo com os planos da instituição, suas conclusões serão apresentadas pelo cardeal Reinhard Marx em 25 de setembro.

Fonte: Exame

Continua depois da Publicidade