Pesquisar por em AM POST

Mundo

Incêndio destrói prédio histórico da antiga bolsa de valores da Dinamarca

Autoridades lamentaram perda de patrimônio cultural em Copenhague.

  • Por AM POST

  • 16/04/2024 às 11:16

  • Leitura em 1 minuto

Foto: Reprodução/Reuters

Um enorme incêndio engoliu a antiga bolsa de valores de Copenhague, um dos marcos mais famosos da capital dinamarquesa, fazendo com que sua torre desmoronasse enquanto funcionários e cidadãos tentavam resgatar pinturas e artefatos históricos do incêndio.

Passageiros atordoados e curiosos observaram enquanto o fogo podia ser visto destruindo a torre de 56 metros do edifício – em forma de cauda de quatro dragões entrelaçados – momentos antes de desabar e cair na rua abaixo.

PUBLICIDADE

Alguns pedestres até se juntaram aos serviços de emergência para correr dentro do prédio em chamas e ajudar a transportar grandes pinturas renascentistas e outros objetos para longe do incêndio.

O vice-primeiro-ministro da Dinamarca, Troels Lund Poulsen, chamou o incêndio de “nosso próprio momento Notre Dame”, referindo-se ao incêndio que destruiu o telhado e o pináculo da catedral de Paris, há cinco anos.

O incêndio começou por volta das 8h30, hora local, nesta terça-feira (16), disse um chefe do corpo de bombeiros de Copenhague. Pouco antes das 11h, ele disse que quase metade do prédio havia sido destruída por um incêndio.

PUBLICIDADE

“Tentamos resgatar muitas pinturas históricas que estavam dentro do prédio e do mobiliário histórico”, disse Jakob Vedsted Andersen, diretor executivo do serviço de bombeiros e resgate da Grande Copenhague. Ele disse que era “muito cedo” para especular sobre as causas do incêndio.

Redação AM POST

PUBLICIDADE

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank