Presidente eleito da Bolívia sofre ataque com dinamite, diz partido

Sebastián Michel, disse que uma banana de dinamite foi jogada na porta da casa de campanha do partido.

O partido Movimento ao Socialismo (MAS), do qual faz parte o presidente eleito da Bolívia, Luis Arce, afirmou que o novo chefe de Estado do país sul-americano sofreu um ataque com dinamite na noite de quinta-feira (5), mas saiu ileso do ocorrido. A polícia do país ainda não se pronunciou sobre o caso, que ocorreu a três dias da posse, marcada para este domingo (8).

O porta-voz do MAS, Sebastián Michel, declarou que uma banana de dinamite foi jogada na porta da casa de campanha do partido. Além do presidente eleito, estavam no local uma equipe de comunicação e uma equipe de protocolo. Não há relatos de feridos.

– Quase uma hora atrás fomos vítimas de um ataque com uma banana de dinamite na casa de campanha quando o presidente eleito Luis Arce fazia uma reunião – disse durante entrevista à rádio Red Uno.

Continua depois da Publicidade

A denúncia de ataque ocorre no momento em que o presidente eleito sofre pressões exercidas contra ele. Nesta semana, líderes da região boliviana de Santa Cruz iniciaram uma greve de dois dias. Autoridades eleitorais e os observadores internacionais, porém, consideraram que as eleições foram justas. Arce venceu com mais de 54% dos votos, contra 14% do candidato Luis Camacho.