Oportunidade

Concurso público do Detran-AM vai ofertar mais de 200 vagas e salário de até R$ 5,5 mil

Desde sua criação, em setembro de 1972, o Detran-AM nunca teve um concurso homologado.

Redação AM POST

Nesta segunda (19/07) o governador do Estado, Wilson Lima, assinou a portaria que cria a comissão para o concurso público do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), que vai ofertar 60 vagas para nível médio e 150 para nível superior. Os salários iniciais são de R$ 2.300, para nível médio, e de R$ 5.500, para superior.

Continua depois da Publicidade

O anúncio foi realizado na Arena da Amazônia Vivaldo Lima, durante evento para criação de comissão do concurso. No local também foi realizada a entrega de equipamentos para a Segurança Pública do Amazonas.

Desde sua criação, em setembro de 1972, o Detran-AM nunca teve um concurso homologado. O único concurso que foi realizado foi em 1995, porém, nunca foi reconhecido oficialmente. As pessoas aprovadas nesse concurso que trabalham no órgão conseguiram exercer a função mediante decisão judicial.

“Só a sensibilidade do governador Wilson Lima poderia enxergar o Detran e as outras forças policiais que estão há mais de 10 anos sem concurso. O Departamento de Trânsito, que teve concurso há mais de 20 anos, infelizmente foi anulado, então é como se não existisse. Nunca houve seleção pública para ingresso de servidores efetivos no órgão”, esclareceu Rodrigo de Sá, diretor-presidente do Detran-AM.

Continua depois da Publicidade

Atualmente, o Detran Amazonas possui uma carência de servidores concursados. O órgão possui um quadro de servidores com idade acima de 60 anos. A maioria dos colaboradores são servidores celetistas contratados e estagiários.

“A minuta já está pronta para fazermos a criação do plano de cargos e salários para o concurso, uma estrutura para várias áreas de atuação dentro do órgão, inclusive em áreas específicas como agente de trânsito e examinador. Após o concurso, vamos fazer o curso de formação desses profissionais. Na medida em que a gente for chamando os concursados, os servidores antigos já aposentados vão deixando a instituição para dar lugar àqueles que foram aprovados. Com isso, acreditamos que o Detran Amazonas vai crescer cada vez mais com esse plano de cargos, carreiras e salários”, conclui o diretor-presidente.

Continua depois da Publicidade