Oportunidade

MPF abre processo seletivo para vaga de assessor com remuneração de quase R$5mil no Amazonas

A jornada de trabalho será de 40 horas semanais.


Redação AM POST

O Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas abre inscrições, nesta segunda-feira (2), processo seletivo para preenchimento de uma vaga para o cargo em comissão assessor nível 2 (CC-2). O profissional selecionado atuará no 14º Ofício da Procuradoria da República no Amazonas (PR/AM), que trata de assuntos relacionados aos direitos do cidadão, conflitos fundiários e direito do consumidor, em Manaus. Para participar é necessário possuir graduação em Direito e disponibilidade de início imediato.

Continua depois da Publicidade

Os interessados devem encaminhar e-mail para o endereço [email protected] até 9 de maio de 2022 com curriculum vitae, contendo dados de identificação, formação escolar, títulos, cursos e experiências profissionais. O currículo deverá vir acompanhado de documentos que comprovem a veracidade das informações. É obrigatório apresentar cópia do diploma ou certificado de formação superior, em nível de graduação em Direito, devidamente registrado no Ministério da Educação. Os documentos exigidos devem ser encaminhados digitalizados em arquivo único no formato PDF e anexados ao referido e-mail.

A jornada de trabalho será de 40 horas semanais, dentro do período de funcionamento da PR/AM, em horário a ser definido com a chefia imediata. A remuneração para o cargo de assessor nível 2 é de R$ 4.962,19, com o acréscimo de outros benefícios previstos em lei.

O candidato deve ter disponibilidade para viagens, interesse em matéria fundiária, direitos fundamentais e técnicas de resolução de conflitos. Confira todas as informações referentes às condições para investidura no cargo e participação no Edital nº 03/2022.

Continua depois da Publicidade

Fases do processo seletivo – O processo seletivo será realizado em duas fases e conduzido pela procuradora da República titular do 14º Ofício. A primeira fase consiste na análise do currículo e da documentação apresentada. Na avaliação curricular, serão consideradas a experiência profissional e o conhecimento técnico do candidato, por meio da análise dos títulos, cursos e outras atividades declaradas.

Os candidatos selecionados após a análise curricular passarão para a segunda fase, o que será informado por meio de edital. Nesta etapa, além de eventual detalhamento das informações contidas no currículo, serão observados fluência verbal e escrita, iniciativa, postura, facilidade de relacionamento, capacidade de trabalho em equipe, conhecimento de internet, correio eletrônico, sistemas operacionais, editor de textos, planilhas e apresentação.

Continua depois da Publicidade

Atribuições do cargo – Ao candidato selecionado, poderá ser solicitada qualquer atividade inerente ao bacharel em Direito, especialmente: minutas de peças jurídicas, administrativas e despachos em procedimentos extrajudiciais e processos judiciais; cumprimento de diligências em procedimentos extrajudiciais; auxílio geral ao membro em questões administrativas e organizacionais (produção de relatórios, de planos de trabalho, etc); fiscalização e orientação de estagiários.