Polícia

Advogada é agredida e impedida de entrar em delegacia de Manaus

A vítima afirma que estava no local para acompanhar um caso em flagrante, quando foi agredida.

Redação AM POST

Uma advogada, identificada como Patrícia Pereira da Silva, afirma que foi agredida por três policiais, que não tiveram os nomes divulgados, ao ser impedida de entrar na 6° Companhia Interativa Comunitária (Cicom), no último domingo (18), no bairro Cidade Nova I, zona Norte de Manaus.

Continua depois da Publicidade

Segundo a denúncia feita pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), ela estava para acompanhar um caso de flagrante. Na ocasião, a advogada levou socos e ficou com a marca das agressões, além de um piercing na orelha ter entrado.

O caso está na Corregedoria da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) e no Ministério Público do Amazonas (MP-AM).