Polícia

Amarildo muda depoimento e nega ter matado Bruno Pereira e Dom Phillips no Amazonas

Ele acusa o irmão de ter matado o jornalista e o indigenista.


Redação AM POST

O pescador Amarildo Oliveira, suspeito de matar o indigenista Bruno Pereira e o jornalista inglês Dom Phillips, mudou seu depoimento desta segunda-feira (20), e negou ter assassinado as vítimas.

Continua depois da Publicidade

De acordo com Amarildo, ele e o irmão Oseney apenas ocultaram os corpos, mas quem teria atirado e matado Dom e Bruno, teria sido Jeferson Lima, o terceiro acusado preso.

Amarildo afirmou ainda que Bruno ainda reagiu e antes de ser muito, atirou na direção de Jeferson, mas não acertou.

Jeferson afirma que apenas ajudou a se livrar dos corpos e aponta Amarildo como autor dos assassinatos. Já Oseney, nega qualquer envolvimento no crime.

Continua depois da Publicidade