Ataques de facção em Manaus é desespero por ações da SSP-AM contra crime organizado

Além da morte do traficante ‘Dadinho’ o grupo criminoso também não está satisfeito com o recorde de apreensão de drogas batido no estado.

Redação AM POST

Os ataques da facção Comando Vermelho em várias partes de Manaus neste domingo (6) é para vingar das ações das ações da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) que em 2020 bateu recorde na apreensão de drogas e a gota d’água do desespero do grupo criminoso foi a morte do traficante ‘Dadinho, uma das lideranças da facção, ocorrida após confronto com policiais militares da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) na noite desse sábado (5) no bairro Novo Aleixo, zona Norte de Manaus.

Continua depois da Publicidade

O corpo do homem foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) para exames de necropsia. A família de “Dadinho” ficou bastante revoltada com o ocorrido.

Em diversos vídeos que circulam nas redes sociais os bandidos citam com raiva o nome do secretário de Segurança Pública do Amazonas, coronel Louismar Bonates, e ameaçam matá-lo como expressão de que não estão gostando da ação efetiva das pasta contra o crime organizado.

De janeiro a dezembro, foram 19,1 toneladas de entorpecente apreendidas, o maior volume já registrado. Além das apreensões de cocaína e maconha, foram presos 1,3 mil suspeitos de tráfico e associação ao tráfico de drogas.

Continua depois da Publicidade

No mês de setembro, a Operação Mamon da Polícia Civil bateu o recorde de drogas apreendidas em uma única operação, no Amazonas. Ao todo, 6 toneladas de entorpecentes foram apreendidas após um trabalho de investigação realizado por policiais do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO).

Série histórica de apreensão de drogas no Amazonas
2020: 19,1 toneladas (17,8t de maconha e 1,3t de cocaína)
2019: 6,8 toneladas (5,9t de maconha e 0,9t de cocaína)
2018: 14 toneladas (11t de maconha e 3t de cocaína)
2017: 16,4 toneladas (10,3t de maconha e 6,1t de cocaína)
2016: 10 toneladas
2015: 11 toneladas
2014: 3,1 toneladas
2013: 1,3 toneladas
2012: 1 tonelada
2011: 788 kg
2010: 339 kg

Continua depois da Publicidade