Pesquisar por em AM POST

Polícia

Cortejo do corpo de pastora assassinada em Careiro Castanho é marcado por pedidos de Justiça; veja

Prefeitura do município decretou três dias oficiais de luto.

  • Por AM POST

  • 03/04/2024 às 16:33

  • Leitura em 1 minuto

blank

Foto: Reprodução

Notícias do Amazonas – A morte da professora e pastora Eliane Félix, de 51 anos, que foi estuprada e assassinada na terça-feira (2), no município de Careiro Castanho, interior do Amazonas, continua comovendo a população da cidade. O cortejo do corpo realizado na tarde desta quarta-feira (3), foi marcado por pedidos de Justiça.

Os moradores do município usaram camisas pretas e cartazes para pedir que Romário Azevedo do Rêgo, de 32 anos, seja condenado e punido pelo crime. Ele foi preso pela Polícia Civil do Amazonas e confessou o delito.

PUBLICIDADE

Para garantir a integridade física do suspeito e dos policiais envolvidos na operação, foi necessária a transferência de Romário para a capital.

O delegado David Jordão, titular da 34ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) do município, destacou que o suspeito já tinha 18 passagens criminais, dentre elas 12 por crimes ao patrimônio e inclusive já havia sido denunciado pela pastora.

blank

Vítima era conhecida por realizar obras sociais na cidade. Foto: Divulgação

”Ele confessou que entrou na casa para furtar um aparelho celular, mas foi visto pela vítima e decidiu tirar a vida dela. É um crime que choca a todos nós, a pastora só fazia o bem e morreu dessa forma trágica”, relatou o delegado.

PUBLICIDADE

Eliane foi encontrada despida com sinais de asfixia e violência sexual.

O suspeito vai responder por latrocínio e está à disposição da Justiça.

PUBLICIDADE

Veja o cortejo do corpo da pastora:

*Suyanne Lima – Redação AM POST

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank