Dezessete vítimas já reconheceram e denunciaram homem preso por oferecer falsas vagas de empregos e estuprar adolescentes

Delegada Joyce Coelho acredita que haja mais vítimas.

Redação AM POST

Leonardo Ferreira Barbosa, de 38 anos, que foi preso na última quinta-feira (19) em sua residência no Bairro Cachoeirinha (zona sul de Manaus), por estupro, roubo e favorecimento à prostituição já foi reconhecido e denunciado por 17 acusações contra ele de possíveis vítimas, conforme informações da Polícia Civil.

Continua depois da Publicidade

De acordo com a delegada, Joyce Coelho, titular da Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente (DEPCA), Leonardo está sendo investigado por utilizar perfil fake em redes sociais para divulgar supostas oportunidades de emprego direcionadas à adolescentes principalmente. Entretanto, após iniciar conversas com as vítimas, ele oferecia supostas contratações em troca de relações sexuais.

Ainda segundo a delegada, acredita-se que haja outras vítimas que ainda não o denunciaram por vergonha e medo, já que além de violentar, ainda filmava os crimes e ameaçava publicar as imagens nas redes sociais delas, casos elas o denunciassem. Para isso, ele roubava seus aparelhos celulares.

Leonardo foi preso no apartamento onde morava com o mandado de prisão preventiva. Ele ainda tentou escapar pulando do terceiro andar, mas acabou machucando o pé e foi capturado.

Continua depois da Publicidade

O acusado já foi preso duas vezes por lesão corporal e roubo, uma vez por favorecimento a prostituição e quatro vezes por estupro. Um deles, em 2018, era praticado da mesma forma, oferecendo emprego em troca de sexo.