Em Manaus, casos de homicídios caem pela metade e números da violência têm sexta queda seguida

Depois de um crescimento no primeiro bimestre, a soma dos crimes como homicídio, latrocínio, estupro, roubo, entre outros, começou a cair em março.

Redação AM POST

Em outubro, os indicadores de criminalidade em Manaus caíram pelo sexto mês consecutivo. Conforme levantamento da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), houve redução de 53% no número de homicídios, 50% em tentativas de homicídios e 21% nos roubos e furtos na comparação com outubro de 2019.

Continua depois da Publicidade

Depois de um crescimento no primeiro bimestre, a soma dos crimes como homicídio, latrocínio, estupro, roubo, entre outros, começou a cair em março e segue nesta tendência deste então. No mês passado, o recuo havia sido de 18% na comparação com setembro de 2019 e, em outubro, a queda foi de 21%, em média.

Resultado histórico – Neste ano, Manaus teve uma queda histórica no número de homicídios em outubro, com a menor quantidade para o mês desde 2004 – foram 37 registros no mês passado.

Nos últimos 16 anos, foi a primeira vez que a quantidade de homicídios dolosos na capital amazonense ficou abaixo de 40 casos mensais, no décimo mês do ano. Em 2018, por exemplo, Manaus vivenciou 104 crimes deste tipo.

Continua depois da Publicidade

Outro dado positivo para a população foi a redução na quantidade de casos de estupro, a menor para o mês desde 2017. No mês passado, houve 78 registros, uma queda de 8,2% na comparação com 2019.

De acordo com o levantamento, o número de roubos e furtos, somados, também caiu. A queda de 21,7%, com 7 mil registros em 2019 e 5,5 mil registros em outubro de 2020.

Continua depois da Publicidade

Indicadores em queda (outubro 2019/2020)
Homicídios: -53,7%
Estupro: -8,2%
Tentativa de homicídio: -50%
Furto: -21,3%
Furto a residências: -20,7%
Furto a estabelecimentos comerciais: -18,8%
Roubo: -22,1%
Roubo de veículos: -49,6%
Roubo a residências: -23,8%
Roubo a estabelecimentos comerciais: -46,8%

* Com informações da assessoria de imprensa

Continua depois da Publicidade