Em Manaus, corpo de mulher é encontrado em lixeira com bilhete de facção

A vítima foi torturada e asfixiada, no rosto havia várias marcas de agressões.

Redação AM POST

O corpo de uma mulher, não identificada, foi encontrado em uma lixeira viciada na manhã desta sexta-feira (4), na Rua Manaus, bairro Compensa, zona Oeste de Manaus.

Continua depois da Publicidade

De acordo com a polícia, o corpo foi encontrado por moradores que logo acionaram a polícia.

O cadáver estava enrolado em uma lona com um bilhete que fazia menção à uma facção criminosa. “Morri porque joguei com L7 CDCU”, diz a mensagem.

O termo L7, faz referência a Luciano Fernandes, filho do líder da facção Família do Norte, José Roberto Fernandes, conhecido como Zé Roberto da Compensa.

Continua depois da Publicidade

A vítima, ainda não identificada, foi torturada e asfixiada, no rosto havia várias marcas de agressões. A mulher aparenta ter entre 20 e 25 anos e foi assassinada em outro local e desovada na lixeira da rua Manaus.

O corpo da mulher foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) e a polícia deve investigar o caso.

Continua depois da Publicidade