Em Manaus, motorista de aplicativo, sequestrado e espancado é salvo de execução após apertar botão do pânico

O trabalhador sofreu um sequestro relâmpago e foi salvo por colegas de trabalho.

Redação AM POST

Um motorista de aplicativo, identificado como Antônio José Gentil, de 34 anos, sofreu um sequestro relâmpago durante um assalto ocorrido da noite dessa segunda-feira (19) no bairro Jorge Teixeira, Zona Norte de Manaus.

Em relato, Antônio afirmou que estava trabalhando quando foi acionado para fazer uma corrida. Chegando ao ponto solicitado, ele percebeu a ação criminosa e acionou seus colegas motoristas por meio de um botão do pânico.

Continua depois da Publicidade

Logo que os criminosos embarcaram, anunciaram o roubo e o obrigaram a vítima a dirigir até um ramal, onde Antônio foi amarrado e espancado. Os criminosos iriam executá-lo mas com a chegada dos colegas de trabalho, os meliantes fugiram e o abandonaram no local.

Antônio foi levado com urgência ao Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Platão Araújo e vários motoristas e policiais fizeram buscas pelas localidades mas os indivíduos não foram encontrados.

A Polícia Civil deve investigar o caso.

Continua depois da Publicidade