Polícia

Enfermeira é morta a facadas durante discussão com filho de 18 anos

O crime teria acontecido durante uma discussão entre a vítima e o filho, em razão de o suspeito ser usuário de drogas.


Redação AM POST

A enfermeira Fabiana Maria Amaro da Silva, de 39 anos, foi morta a facadas na casa dela, no Mato Grosso na madrugada desta segunda-feira (1°), durante uma discussão com o filho dela, de 18 anos. O jovem é o principal suspeito.

Continua depois da Publicidade

A equipe da polícia foi acionada e encontrou a vítima caída na sala, com várias perfurações de faca. Em buscas na residência, a faca utilizada foi localizada na soleira da janela do banheiro.

Conforme laudo da Politec, a causa da morte foi choque hipovolêmico ocasionado por múltiplas lesões no pescoço.

O crime teria acontecido durante uma discussão entre Fabiana e o filho, em razão de o suspeito ser usuário de drogas. Segundo a Polícia Civil, os dois já haviam tido desentendimentos anteriores, e a vítima já teria registrado um boletim de ocorrência contra o filho por ele ter furtado sua carteira.

Continua depois da Publicidade

Segundo o boletim de ocorrência, os vizinhos relataram que teriam ouvido gritos de socorro vindos da casa da Fabiana, mas preferiram não se manifestar.

No momento em que as equipes policiais chegaram no local, o filho da vítima estava bastante exaltado e desacatou os policiais militares, sendo detido.

Continua depois da Publicidade