Polícia

Esposa do indigenista Bruno Pereira fala após confirmação da morte do marido: “nossa força é muito maior”

Os suspeitos presos confessaram a autoria da morte de Bruno e do jornalista inglês Dom Phillips.


Redação AM POST

A antropóloga Beatriz Matos, esposa do indigenista Bruno Pereira se manifestou nas redes sociais nesta quinta-feira (16), após a Polícia Federal confirmar oficialmente que dois suspeitos presos confessaram a autoria da morte de Bruno e do jornalista inglês Dom Phillips.

Continua depois da Publicidade

“Agora que os espíritos do Bruno estão passeando na floresta e espalhados na gente, nossa força é muito maior”, disse a mulher.

Ontem (15), a PF confirmou que foram encontrados restos mortais durante as buscas que foram realizadas com a presença do pescador Amarildo da Costa Pereira, conhecido como “Pelado”. Ele confessou a participação no desaparecimento e indicou o local onde os corpos foram enterrados.

Continua depois da Publicidade