Polícia

Ex-presidiário é torturado e morto com mais de 40 facadas e teve orelhas arrancadas no AM

O corpo foi encontrado por populares com as mãos e pés amarrados em ramal do município de Parintins.

Redação AM POST

O ex-presidiário Paulo Rogério Caminha, de 40 anos, foi morto com mais de 40 facadas pelo corpo no último domingo (9), em um ramal do município de Parintins (distante à 369 quilômetros de Manaus). O corpo foi encontrado por populares com as mãos e pés amarrados.

Continua depois da Publicidade

De acordo com a polícia, a vítima foi torturada e teve a orelha arrancada antes de morrer. Ele foi reconhecido nesta segunda-feira (10), pela companheira.

Ainda conforme a polícia, Paulo possuía uma extensa ficha criminal e foi detido por desacato na última sexta-feira (7).

Informações preliminares apontam que a morte de Paulo tenha sido efetuada por mais de uma pessoa.

Continua depois da Publicidade

O caso segue sob investigação.