Festas clandestinas são encerradas e ‘rolezinho’ de motocicletas é frustrado pela polícia em Manaus

As festas clandestinas foram localizadas enquanto as equipes de fiscalização do Detran-AM circulavam pela capital para montar as barreiras da Lei Seca.

Redação AM POST

Após orientação do secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates, o Núcleo Especializado de Operações de Trânsito (Neot), do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), fechou três festas clandestinas flagradas na madrugada deste domingo (10/01), em Manaus. Os eventos ocorriam nos bairros Dom Pedro, zona centro-oeste, e Cidade Nova, zona norte da capital.

Continua depois da Publicidade

Além das festas, a equipe do Neot também frustrou um “rolezinho” de motocicletas, no bairro Jorge Teixeira, na zona leste de Manaus. Na ocasião, sete motos com irregularidades foram recolhidas.

As festas clandestinas foram localizadas enquanto as equipes de fiscalização do Detran-AM circulavam pela capital para montar as barreiras da Lei Seca. No bairro Dom Pedro, a boate Clã Night funcionava a portas fechadas, com cerca de 60 pessoas consumindo bebidas alcoólicas. O estabelecimento foi esvaziado e o proprietário não foi encontrado.

Em outro ponto do bairro Dom Pedro, as equipes do Neot identificaram outra festa com público de cerca de 12 pessoas, que também foi encerrada. No bairro Cidade Nova, outra festa clandestina, com cerca de 15 pessoas, estava acontecendo em um espaço comercial.

Continua depois da Publicidade

“Nesses casos, acabamos observando a situação de anormalidade em virtude dos carros estacionados nas proximidades. Estavam todos bem aglomerados e de portas fechadas para tentar inibir as fiscalizações, mas foram pegos demonstrando falta total de respeito e colocando a saúde e a vida de toda a população em risco”, disse o coordenador do Neot, Victor Mansur.

Seguindo a determinação do diretor-presidente do Detran, Rodrigo de Sá, de coibir os chamados “rolezinhos” na capital, o Neot também desarticulou um encontro de motociclistas no Jorge Teixeira, após trabalho da inteligência. As equipes chegaram ao local e flagraram os motoqueiros se preparando para sair. Durante a fiscalização, sete motos foram recolhidas ao parqueamento.

Continua depois da Publicidade

CIF terrestre e fluvial – A Central Integrada de Fiscalização (CIF), coordenada pela SSP-AM, realizou a vistoria de 16 estabelecimentos nas zonas centro-sul e oeste de Manaus, para verificar se o decreto estadual estava sendo cumprido. Doze locais vistoriados estavam fechados. No Aleixo, o bar Sr. Beef foi autuado por descumprimento do decreto governamental de prevenção à Covid-19. O espaço estava aberto e com atendimento ao público.

Na tarde deste sábado, durante a CIF fluvial, cinco flutuantes foram fiscalizados. Quatro estavam fechados, estando aberto somente o Flutuante da Doró, onde foram constatadas lanchas atracadas com pessoas fazendo consumo de refeições dentro das embarcações, desvirtuando o conceito de “delivery” ou “coleta”, autorizados pelo decreto. O proprietário do local foi orientado pela equipe.

Continua depois da Publicidade

A CIF envolve órgãos do Governo do Amazonas e da Prefeitura de Manaus.

* Com informações da assessoria de imprensa