Polícia

Grupo é preso por promover rinha de galos no bairro Puraquequara

Ao todo, 24 galos foram encontrados no local.


Redação AM POST

Um grupo de 12 pessoas foi surpreendido e detido por policiais militares do Comando de Policiamento Ambiental (CPAmb), em ação do Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAmb), por volta das 15h deste domingo (13/12), no momento em que promoviam concorrida rinha de galos em uma residência do bairro Puraquequara, zona leste de Manaus.

Continua depois da Publicidade

Segundo os policiais, no início da tarde, por meio de ligação pelo 190, foi recebida denúncia acerca da infração, com detalhes que se confirmaram quando a equipe da Polícia Militar fez o flagrante do delito no local. Os policiais observaram algumas aves em gaiolas, sendo que algumas apresentavam ferimentos e outras estavam aparentemente desfalecidas.

Com o apoio da 28ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), a equipe deu voz de prisão a todos no local. Os policiais apreenderam 24 galos vivos, mas feridos; um galo abatido; quatro pinças de aço; oito tesouras de aço; dois arcos de serra; 38 bicos de aço; um alicate; um vidro de remédio antibiótico; uma balança eletrônica; três caixas de contenção; 37 esporões de plástico; 35 panos de contenção; oito aparelhos celulares; um tubo de medicamento anestésico; e R$ 2.902 em espécie.

Os envolvidos, juntamente com os objetos utilizados para a prática delituosa, foram apresentados no 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP) para os procedimentos cabíveis. As aves foram recolhidas e levadas para atendimento veterinário.

Continua depois da Publicidade

O CPAmb e o BPAmb alertam a população que maltatar, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos configura crime ambiental, e seus autores estarão sujeitos às penalidades previstas na Lei Federal nº 9603/1998, conforme o artigo 32.

* Com informações da assessoria de imprensa

Continua depois da Publicidade