Homem confessa ter matado venezuelana durante assalto na casa dela em Manaus

O companheiro da vítima chegou a ser considerado suspeito pela polícia, mas foi liberado depois de prestar depoimento.

Redação AM POST

Um homem que se entregou à polícia na tarde de sexta-feira (6), confessou hoje (7) ter matado a venezuelana Franyerlis Pastor Escobar, 25, com pelo menos duas facadas, após a vítima reagir a uma tentativa de roubo, dentro da casa dela, na avenida E, antiga Juruti, situada no bairro Alvorada, na Zona Centro-Oeste de Manaus, na manhã do último domingo (1).

O companheiro da vítima, Rodrigo Alfonzo Mendoza, 39 anos, chegou a ser considerado suspeito pela polícia, mas foi liberado depois de prestar depoimento.

Continua depois da Publicidade

Segundo a delegada Marília Campelo, o homem detido revelou ser usuário de drogas e confessou que entrou na casa da mulher com a intenção de roubar, mas ela teria reagido e, por isso, ele desferiu as facadas.

Ainda segundo a polícia, o homem passará por audiência de custódia e será encaminhado a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.