Polícia

Homem é condenado a 16 anos de prisão por estuprar enteada em Manaus

O homem tinha relacionamento com a mãe da vítima, e se aproveitava disso para cometer os abusos.

Redação AM POST

Um homem, de 39 anos, foi preso nesta sexta-feira (23/07) em razão de cumprimento de mandado por sentença condenatória, pelo crime de estupro de vulnerável, ocorrido em 2015, contra sua enteada, uma adolescente de 13 anos, naquela ocasião. O homem foi condenado a 16 anos, nove meses e 18 dias de prisão. A prisão ocorreu no Residencial Viver Melhor 1, bairro Santa Etelvina, zona norte da cidade.

Continua depois da Publicidade

De acordo com a delegada Joyce Coelho, titular da Delegacia Especializada em Proteção e Adolescente (Depca), o homem possuía um relacionamento marital com a mãe da vítima, e se aproveitava disso para cometer os abusos.

“O homem aproveitava que a vítima estava dormindo para cometer os abusos. A mãe se separou dele, e quando resolveu reatar, a vítima se recusou a morar novamente com o indivíduo. Ela então contou a uma tia sobre os abusos que vinha sofrendo. Diante disso, a tia compareceu à Depca para formalizar a denúncia, e, no dia de hoje, conseguimos efetuar a prisão”, detalha a autoridade policial.

O mandado de sentença condenatória foi expedido no dia 13 de julho deste ano, pela juíza Bárbara Folhadela Paulain, da 2ª Vara Especializada em Crimes contra a Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes.

Continua depois da Publicidade

O homem foi condenado a 16 anos, nove meses e 18 dias de prisão pelo crime de estupro de vulnerável. Após o término dos procedimentos cabíveis, ele será encaminhado à Central de Recebimento e Triagem (CRT).