Polícia

Homem é preso pela PF em Manaus por participar de grupos destinados ao compartilhamento de pornografia infantil

O investigado foi identificado pela Interpol.


Redação AM POST

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta sexta-feira (13/05), a Operação Cyber Moon II, destinada à repressão a crimes contrários à dignidade da criança e adolescente praticados através da internet, com o compartilhamento de imagens pornográficas de abuso de menores.

Continua depois da Publicidade

Na ação, a PF cumpriu um mandado de busca e apreensão expedido pela 2ª Vara Federal Criminal da SJAM em Manaus. Segundo apurado, o investigado participava de grupos no aplicativo WhatsApp destinados ao compartilhamento e posse de imagens de pornografia de abuso de crianças e/ou adolescentes, conforme informação oriunda do Serviço de Repressão a Crimes de Ódio e Pornografia Infantil (SERCOPI/DRCC/CGPFAZ/DICOR/PF) em cooperação com a Interpol Roma.

O cumprimento do mandado de busca e apreensão visa a identificar o real usuário da linha telefônica utilizada na prática delituosa bem como angariar outros elementos indicativos de autoria e materialidade.

O investigado foi preso em flagrante pelo cometimento do crime de adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente, previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Se condenado, ele poderá cumprir pena de até 4 anos de reclusão.

Continua depois da Publicidade

O nome da operação é uma alusão à operação deflagrada pela polícia italiana denominada “LUNA PARK”.