Polícia

Homem é preso por estuprar criança que frequentava mesma igreja que ele em Manaus

Ele foi condenado a nove anos e sete meses de reclusão em regime fechado.

Redação AM POST

Edvan Silva da Costa, de 25 anos, foi preso nesta quinta-feira (14/10) em razão de sentença condenatória, pelo crime de estupro de vulnerável que teve como vítima uma menina de 11 anos. O crime ocorreu em 2015 e 2016, em Manaus.

Continua depois da Publicidade

De acordo com a delegada Joyce Coelho, titular da Delegacia Especializada Em Proteção à Criança e Adolescente (Depca), o homem foi preso no bairro São José Operário, zona leste da capital. A autoridade policial explicou que a criança frequentava o mesmo templo religioso que Edvan, momento em que ele aproveitou a oportunidade para cometer os abusos.

“Ele ameaçava a criança para que ela mantivesse segredo e não contasse a ninguém e, durante esse período, cometeu diversos atos libidinosos contra a menina. A mãe descobriu os fatos após uma reunião na igreja, em que ouviu comentários a respeito do crime. Ela questionou a menina que confirmou que vinha sendo abusada pelo infrator”, detalhou a delegada.

Ordens judiciais – O mandado de prisão por sentença condenatória, com pena de nove anos e sete meses de reclusão em regime fechado, foi expedido no dia 27 de outubro de 2020, pela juíza Articlina Oliveira Guimarães, da 2ª Vara Especializada em Crimes contra a Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes

Continua depois da Publicidade

Ainda conforme Joyce Coelho, na oportunidade, outro mandado por sentença condenatória foi cumprido em nome de Edvan, pelo mesmo crime, com pena de oito anos em regime semiaberto, expedido no dia 21 de janeiro deste ano, pelo juiz Ian Andrezzo Dutra, da 1ª Vara Especializada em Crimes contra a Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes.

Edvan Silva será encaminhado à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde permanecerá à disposição da Justiça.

Continua depois da Publicidade