Polícia

Homem é preso suspeito de matar e tentar decapitar desafeto na frente de populares na BR-174

A polícia afirma que a motivação seria uma briga entre eles, ocorrida em um bar no dia anterior ao crime.


Redação AM POST

Na manhã desta sexta-feira (29/07), às equipes da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestro (DEHS) cumpriram mandado de prisão temporária em nome de Marcos Nascimento da Silva, 26, pelo homicídio de Luciano Fontenele da Souza, que tinha 52 anos. O crime ocorreu no dia 4 de março deste ano, em uma comunidade no bairro Tarumã, nas proximidades da rodovia BR-174

Continua depois da Publicidade

Conforme a delegada Marília Campello, adjunta da DEHS, na ocasião do crime, o suspeito atingiu a vítima com diversos golpes de arma branca e ainda tentou decapitá-lo. Segundo a delegada, a motivação seria uma briga entre eles, ocorrida em um bar no dia anterior ao crime.

“Na comunidade em que ocorreu o crime, os moradores relataram sentir medo do indivíduo, pois ele passou a ameaçar os populares que o denunciassem sobre o homicídio praticado contra Luciano”, contou a delegada.

A autoridade policial relatou que após o crime, as equipes da DEHS iniciaram as investigações e chegaram à identificação do autor. Foi representada à Justiça pelo mandado de prisão temporária dele, e a ordem judicial foi decretada em abril deste ano pela Central de Inquéritos Policiais.

Continua depois da Publicidade

Com a ordem expedida, os policiais seguiram em busca de Marcos e o localizaram na comunidade Moriá, bairro Tarumã-Açu, zona oeste. Após a prisão, ele assumiu a autoria do crime, mas informou que o motivo não seria a briga de bar, e sim pelo fato da vítima ter, supostamente, aliciado sua sobrinha. Entretanto, isso não consta em nenhum dos autos realizados durante as investigações.

Marcos Nascimento da Silva responderá por homicídio. Ele foi conduzido à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde passará por audiência de custódia e ficará à disposição do Poder Judiciário.

Continua depois da Publicidade