Pesquisar por em AM POST

Polícia

Homem mata amante da esposa e deixa carta antes de morrer: ‘talarico safado’

Suspeito matou a vítima com um tiro de espingarda na cabeça e bateu na esposa.

  • Por AM POST

  • 14/06/2024 às 18:05

  • Leitura em dois minutos

Um homem identificado como Waldik Paiva Barreto, de 54 anos, foi encontrado morto nessa quinta-feira (3) em seu apartamento após tirar a própria vida, deixando uma carta que detalhava a motivação para o assassinato de Marcos Cesar dos Santos, de 55 anos, na cidade de Cubatão (SP), a quem ele acusa de amante de sua esposa.

De acordo com policiais militares que atenderam a ocorrência, Marcos Cesar dos Santos foi encontrado morto, vítima de um tiro de espingarda na cabeça. Waldik, o autor do disparo, foi encontrado sem vida em seu apartamento pouco tempo depois.

PUBLICIDADE

Segundo informações, a esposa de Waldik, de 48 anos, também foi vítima de agressão no mesmo dia. Ela, que trabalha em uma empresa prestadora de serviços ao Fórum de Cubatão, local onde Marcos também trabalhava, negou veementemente qualquer envolvimento amoroso com a vítima. No entanto, Waldik estava convencido de que sua esposa o traía com Marcos, conforme descrito na carta deixada por ele.

Dentro do apartamento do casal, a polícia encontrou uma carta escrita por Waldik, que detalhava os motivos que o levaram a cometer os crimes. No manuscrito, o homem chamou Marcos de “talarico safado” e afirmou que sua mulher não o trairia mais após sua morte. Waldik colou uma foto de Marcos na carta, intensificando a pessoalidade e a crueldade do ato.

“Aqui termina minha felicidade por causa deste talarico safado e esta traidora me traindo com ele”, escreveu Waldik. O conteúdo da carta revelou um relacionamento deteriorado, marcado por desconfiança e conflitos. Waldik relatou que, desde que sua esposa começou a trabalhar no Fórum, o comportamento dela mudou drasticamente. Ele mencionou que ela passou a se arrumar mais para o trabalho e que o relacionamento do casal foi minado por desavenças e suspeitas de traição.

PUBLICIDADE

“Não posso falar nada que [ela] vem com pedra na mão. Já peguei várias ligações e mensagens […]. Ela mudou demais comigo depois deste trabalho”, escreveu Waldik. Ele acrescentou que a mulher passou a se arrumar mais para trabalhar.

O AM Post apoia a causa autista
blank

O Autismo é ver o mundo de um outro jeito, e cada um de nós temos que achar um jeito de entender as diferenças.

- Dr. Leonardo Maranhão

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank