Pesquisar por em AM POST

Polícia

Justiça encerra audiência de instrução no caso de babá agredida em um condomínio de Manaus

No encerramento da audiência o magistrado abriu prazo de cinco dias para apresentação dos memoriais por parte do MP e mais cinco dias para a defesa.

  • Por AM POST

  • 11/03/2024 às 18:15

  • Leitura em dois minutos

Foto: Divulgação

Notícias de Manaus – A 3.ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Manaus encerrou na manhã desta segunda-feira (11) a audiência de instrução na Ação Penal n.º 0580577-14.2023.8.04.0001, que tem como réus Jussana de Oliveira Machado e Raimundo Nonato Monteiro Machado, acusados pelo Ministério Público do Estado do Amazonas dos crimes de tentativa de homicídio qualificado e tortura contra Ygor de Menezes Colares e Cláudia Gonzaga de Lima. O caso ocorreu em agosto do ano passado, na área de estacionamento de um condomínio do bairro Ponta Negra, zona Oeste de Manaus.

A audiência foi presidida pelo juiz de direito titular da 3.ª Vara do Tribunal do Júri, Mauro Antony, com a promotora de justiça Elizandra Leite Guedes de Lira representando o Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE/AM). A promotora teve como assistentes de acusação os advogados Edilson dos Santos Oliveira Neto e Josemar Berçot Rodrigues. Na defesa dos acusados atuaram os advogados Arthur da Costa Ponte e Lauro Augusto de Lima Cavalcanti.

PUBLICIDADE

Foi ouvida uma testemunha convocada pelo Juízo da 3.ª Vara do Tribunal do Júri e realizado o interrogatório de Jussana Machado e Raimundo Nonato Monteiro Machado.

No encerramento da audiência o magistrado abriu prazo de cinco dias para apresentação dos memoriais por parte do MP e mais cinco dias para a defesa. Ele também recebeu requerimentos da defesa sobre a revogação das medidas cautelares impostas aos acusados no início da tramitação do processo.

O juiz Mauro Antony disse que vai analisar o pedido da defesa após a entrega dos memoriais. O magistrado também disse que se acautelou sobre um pedido do MP para a prisão preventiva do casal por terem descumpridos as medidas cautelares, que analisará a petição após a apresentação dos memoriais e antes da decisão acerca da pronúncia ou impronúncia dos acusados (ou seja, que definirá se os réus serão ou não submetidos a júri popular).

PUBLICIDADE

*Com informações da assessoria 

O AM Post apoia a causa autista
blank

Hoje aprendi que à manifestação de carinho mais sincera é o de uma criança com Autismo! Estes anjos, tem a felicidade de ser veraz, não afetando-se com o meio.

- Winaldario Santos

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank