Pesquisar por em AM POST

Polícia

Mãe presa por prostituir filhas adolescentes cobrava valores variados de R$20 a R$200 em Manaus, diz polícia

Segundo a delegada, alguns programas foram realizados sem preservativo.

  • Por AM POST

  • 21/06/2024 às 11:51

  • Leitura em 1 minuto

Uma mulher de 38 anos, foi presa por por explorar sexualmente suas filhas adolescentes, de 14 e 15 anos, em Manaus. As investigações revelaram que a mãe submetia as filhas à prostituição desde os 12 anos, sob constante ameaça e agressão física quando se recusavam.

De acordo com a delegada Juliana Tuma, titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), os valores dos programas cobrados pela mulher eram variados.

PUBLICIDADE

“Segundo relatos das vítimas no depoimento especial, os valores dos programas variavam a depender da clientela, as vezes chegava a R$200 mas as vezes R$20. O que mais nos chamou atenção foi que essas adolescentes além dos programas sexuais forçados é a questão da não proteção, a mãe não se preocupava se essas jovens estavam ou não protegidas”, disse.

Conforme a autoridade policial, alguns programas foram realizados sem preservativo e as jovens receberam atendimento. “Elas foram encaminhas ao serviço de atendimento de vítima de violência sexual, porém, até o presente momento a gente acredita que não foram acometidas [por gravidez ou alguma infecção sexualmente transmissível]”, declarou.

Ainda segundo a delegada, os homens que pagaram pelos programas sexuais com as jovens também serão investigados e presos.

PUBLICIDADE

O AM Post apoia a causa autista
blank

O autismo não limita as pessoas. Mas o preconceito sim, ele limita a forma com que as vemos e o que achamos que elas são capazes.

- Letícia Butterfield

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank