Polícia

Mais dois homens são presos suspeitos de envolvimento na morte da universitária em Manaus

Os meliantes estavam escondidos em um kitnet.


Redação AM POST

Dois homens, identificados como como Bruno Estácio da Silva, de 29 anos, e Gustavo Gutierres Gaia, de 19 anos, foram presos nesta quarta-feira (6), suspeitos de terem envolvimento na morte da universitária Kellen Mota Fraga, de 25 anos, no dia 3 de dezembro de 2021, na Comunidade Nossa Senhora de Fátima, bairro Cidade Nova, zona Norte de Manaus.

Continua depois da Publicidade

De acordo com a polícia, o indivíduo estavam escondidos em uma kitnet na rua Abel, na Comunidade Nossa Senhora de Fátima, na zona Norte da capital.

“Nós avistamos dois elementos com as mesmas características repassadas na denúncia que ao observarem a nossa aproximação tentaram empreender fuga, mas tivemos êxito com a detenção dos mesmos”, disse o tenente. “Eles sabiam o motivo de estarmos verificando aquela informação e se preocuparam mais em justificar que não tinham participação [na morte]”, disse o tenente Carvalló, da Força Tática.

No local, foram encontradas drogas, munições e uma arma parecida com a usada para matar Kellen.

Continua depois da Publicidade

“Nós desconfiamos que essa arma de fogo possivelmente foi utilizada no homicídio desta estudante, tendo em vista que segundo testemunhas do homicídio a arma utilizada no crime teria sido uma pistola com as mesmas características”, disse o tenente.

A dupla foi levada para o 6° Distrito Integrado de Polícia (DIP) para os procedimentos cabíveis.

Continua depois da Publicidade