Polícia

Mano G ordenou morte de ex-líder do PCC em Manaus

Um dos casos que mais repercutiu envolvendo o atual líder do Comando Vermelho foi o assassinato de Elgo Jobel Fernandes Guerreiro.


Redação AM POST

MANAUS – Conhecido como “Mano G”, Gelson Carnaúba é acusado por homicídios, incluindo de rivais. Um dos casos que mais repercutiu envolvendo o atual líder do Comando Vermelho foi o assassinato de Elgo Jobel Fernandes Guerreiro.

Continua depois da Publicidade

Segundo informações da polícia, Jobel era um dos ex-líderes da facção Primeiro Comando da Capital (PCC) e foi executado em 2017, na Feira de Artesanato da avenida Eduardo Ribeiro.

O homem tinha uma banca no local e estava desmontando a estrutura quando um pistoleiro a mando de Mano G o executou com vários tiros pelo corpo.

Jobel era uma das principais testemunhas da chacina de 2012 no Compaj e foi executado como uma forma de queima de arquivo.

Continua depois da Publicidade

O pistoleiro foi preso em 2017 e na época, relatou à polícia que temia por sua vida, uma vez que Mano G e João Branco tinham rompido há pouco tempo e uma verdadeira guerra estava sendo travada dentro dos presídios por conta do racha.