Polícia

Mulher de 27 anos com problemas mentais tem partes íntimas dilaceradas durante estupro coletivo

A vítima está internada em uma unidade hospitalar.

Redação AM POST*

Uma mulher de 27 anos que sofre de problemas mentais foi estuprada por quatro homens no último sábado (1º) em Tunas do Paraná, município da região metropolitana de Curitiba. Eles foram identificados como Mauro Rosa Braz, de 28 anos, Ivan Rosa Braz, de 33, e Ademar Rosa Braz, de 25. Além deles, o sobrinho do trio também foi preso, mas acabou liberado pelo delegado de plantão porque faltavam elementos que comprovassem a participação dele no crime.

Continua depois da Publicidade

De acordo com informações da polícia, um dos suspeitos enganou a mulher a levou para o fundo da casa onde a família dele mora e os quatro a violentaram.

A vítima mora com os pais, toma medicamentos fortes e, as vezes, foge de casa e precisa ser procurada na vizinhança. No dia do crime os familiares da mulher foram informados por moradores da região de que ela estaria num imóvel que é constantemente utilizado por usuários de drogas. Assim que entraram na casa, encontraram os quatro bandidos, um deles sem roupas violentando a mulher.

Os envolvidos no crime já têm passagens pela polícia – um deles, inclusive, foi denunciado por estuprar a própria irmã. Todos foram levados à delegacia da Polícia Civil e devem ser transferidos para um presídio enquanto aguardam a conclusão do inquérito.

Continua depois da Publicidade

A vítima do crime bárbaro está internada no Hospital das Clínicas porque, além de possíveis doenças sexualmente transmissíveis, ela teve as partes íntimas dilaceradas pela ação dos criminosos. A família dela ainda não se pronunciou sobre o caso.

*Com informações de Massa News

Continua depois da Publicidade