Polícia

Nove pessoas recebem recompensa de R$ 40 mil após prisão de pistoleiro que matou sargento em Manaus

O atirador recebeu R$ 65 mil para matar Lucas Guimarães.

Redação AM POST

Após a prisão de Silas Ferreira da Silva, de 26 anos, acusado de matar o sargento do Exército, Lucas Guimarães, de 29 anos, nove pessoas receberam a recompensa de R$ 40 mil em Manaus.

Continua depois da Publicidade

De acordo com a polícia, o crime aconteceu no dia 1° de setembro deste ano, desde então, o infrator estava escondido.

Conforme o advogado Iuri Albuquerque, representante dos pais de Lucas, Livânia e Marcelo Guimarães, o dinheiro foi repassado para os informantes ainda durante essa semana e outros faltam resolver questões de agência bancária. A identidade dos mesmos também permanece em sigilo, por segurança dos mesmos.

O suspeito do crime, afirma que recebeu R$ 65 mil de um intermediador, para matar Lucas

Continua depois da Publicidade

O caso segue sendo investigado.