O portal de notícias da Amazônia


Polícia

Operação Integrada resulta na prisão de 41 pessoas e apreensão de artefatos em Manaus e no interior do Amazonas

As prisões ocorreram em diferentes zonas da cidade, incluindo oeste, centro-oeste, norte, leste, sul, e também no município de Parintins.

  • Por AM POST

  • 12/02/2024 às 06:28

  • Atualizado em 12/02/2024 às 06:49

  • Leitura em dois minutos

blank

Foto: DIvulgação

Uma operação policial coordenada pela Polícia Militar do Amazonas (PMAM) resultou na prisão de 41 indivíduos e na apreensão de artefatos e fogos de artifício em diversas regiões de Manaus e no interior do estado. A ação, realizada no último sábado (11), contou com a participação de equipes dos Comandos de Policiamento Metropolitano (CPM), Interior (CPI), Especializado (CPE), Ambiental (CPAmb) e Batalhões de Área.

As prisões ocorreram em diferentes zonas da cidade, incluindo oeste, centro-oeste, norte, leste, sul, e também no município de Parintins. A operação foi desencadeada com base em informações de inteligência, provenientes da Agência Central de Inteligência da Polícia Militar, da Secretaria de Inteligência (Seai) da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas, e equipes de investigação da Polícia Civil.

PUBLICIDADE

O subcomandante-geral da PMAM, coronel Thiago Balbi, destacou a importância da atuação integrada dos órgãos que compõem o sistema de segurança. “Essa é uma operação que foi desencadeada pela Polícia Militar, utilizando informações de inteligência integradas das equipes da Agência Central de Inteligência da Polícia Militar, da Secretaria de Inteligência (Seai) da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas e também de equipes de investigação da Polícia Civil”, afirmou o coronel Balbi.

Todos os suspeitos detidos em Manaus foram encaminhados para a Central de Flagrantes da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), localizada na sede da Delegacia Geral, no Dom Pedro, zona centro-oeste de Manaus. Os procedimentos foram individualizados, com o delegado de Polícia Civil, Ismael Schettini, explicando que alguns assinaram Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por apologia ao crime.

Além das prisões, a operação resultou na apreensão de fogos de artifício, que serão encaminhados posteriormente para perícia. O delegado Schettini ressaltou que a perícia irá identificar se os materiais são foguetes ou outro tipo de explosivo.

PUBLICIDADE

Redação AM POST

Faça parte da comunidade

  • Praticidade na informação

  • Notícias todos os dias

  • Compartilhe com facilidade

blank WhatsApp Telegram

Apoie o AM POST

O AM POST está há mais de 8 anos produzindo jornalismo sério e de qualidade. É uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Apoie

blank

Últimas notícias

blank
blank
blank
blank
blank
blank