Polícia

Pai é preso suspeito de matar o próprio filho de 1 ano asfixiado e alega que foi acidente com fio de carregador

A médica legista confirmou que a criança foi morta por asfixia decorrente de obstrução das vias aéreas.


Redação AM POST

A Polícia Civil prendeu um homem suspeito de ter matado o próprio filho, uma criança de 1 ano e 8 meses de idade, em Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá. O menino teria sido asfixiado.

Continua depois da Publicidade

Durante o atendimento médico foi constatado o óbito da criança. O bebê tinha algumas marcas no pescoço e por isso a Polícia Civil foi acionada.

Os pais contaram que quando acordaram para levar a criança para creche, perceberam que de alguma forma o filho havia enrolado o carregador do celular no pescoço.

Mas a segundo a polícia, a história não foi essa. O delegado responsável, Allan Vitor Sousa da Mata, disse que a criança tinha ferimentos internos e que as marcas não condiziam com a versão.

Continua depois da Publicidade

No interrogatório, segundo o delegado, o homem confessou ter matado o filho asfixiado.

O corpo da vítima foi encaminhado para a realização de necrópsia em Rondonópolis. A médica legista confirmou que a criança foi morta por asfixia decorrente de obstrução das vias aéreas.

Continua depois da Publicidade