PMs encontram 600 pessoas escondidas em galpão escuro para não serem flagradas em festa clandestina na zona centro-sul de Manaus

A maioria dos integrantes da festa eram menores de idade que estavam escondidos com bebidas alcoólicas.

Redação AM POST

Durante vistorias da Central Integrada de Fiscalização (CIF), coordenada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), um evento clandestino no bairro Flores, zona centro-sul de Manaus, foi encerrado na madrugada deste domingo (18/10). Aproximadamente 600 pessoas estavam no local e foram localizadas escondidas em um galpão atrás do espaço, às escuras, para tentar evitar o flagrante.

De acordo com a CIF, na primeira abordagem ao lugar, os agentes encontraram apenas o responsável pelo evento, juntamente com uma banda e quatro pessoas. Na ocasião, os indivíduos informaram que não havia festa no local.

Continua depois da Publicidade

Em seguida, os policiais militares da Força Tática, que participavam da CIF, realizaram incursão e encontram um galpão sem iluminação, onde diversas pessoas, a maioria menor de idade, estavam escondidas com bebidas alcoólicas.

Na ocorrência, uma mulher foi detida por desacato à autoridade. Em outra vistoria, no bairro Zumbi dos Palmares, zona leste de Manaus, outra pessoa foi detida por desacatar e ameaçar agredir fisicamente um policial.

Entre sexta-feira (16/10) e sábado (17/10), a CIF interditou dois estabelecimentos por aglomeração e falta de licença sanitária. Outros sete foram autuados e/ou notificados por ultrapassar o horário limite de funcionamento, não possuir sistema preventivo, licença sanitária ou Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB). As vistorias ocorreram em diversas zonas da capital amazonense.

Continua depois da Publicidade

Flutuantes
As equipes da CIF também realizaram visitas a flutuantes da capital nas tardes de sábado e deste domingo (18/10). Só no sábado, 12 locais foram visitados, a maioria estava fechado. Apenas um flutuante teve de ser fechado. Neste domingo, foram vistoriados sete locais. Todos estavam fechados.